Infinito Majestoso

Não é um romance, antes uma narrativa. Não existe discurso directo, o narrador conta do proscénio a tragédia destas vidas, como se as surpreendesse.

20,00

REF: 0006 Categoria: Etiquetas: , ,

Ficha Técnica

Colecção

Ilustrações

Hugo Bernardo – sem título, 2008 oléo s/tela

Coordenação Gráfica

Rui A. Pereira

Edição

Setembro 2013

Páginas

56

ISBN

Depósito Legal

363859/13

Formato

33,50 x 24,00 cm

Sobre o Autor

José António Barreiros

José António Barreiros

José António Barreiros, advogado na área criminal.

Exerceu durante dezassete anos docência docência universitária nos domínios do Direito Penal e o Direito Processual Penal nas Faculdades de Direito da Universidade Clássica, Lusíada e Internacional.

Para além de inúmeros artigos e participação em livros na área jurídica escreveu:

-» Processo Penal, I, 1981
-» Sistema e Estrutura do Processo Penal Português, 2 volumes
-» Crimes contra o Património

Não é um romance, antes uma narrativa. Não existe discurso directo, o narrador conta do proscénio a tragédia destas vidas, como se as surpreendesse.

No final o leitor descobre o fio de uma história que o acaso proporcionou, sentindo ter-lhe perdido a sequência, como se tivesse desacompanhado as personagens.  Se fosse possível contá-lo seria o relato da desumanização.

A escala de todos os sentimentos está presente aqui, num livro que não os quis.

O texto é breve e acabou por ser a verbalização do quadro que lhe serve de capa e ilustração.

Avaliações

Não existem opiniões ainda.

Seja o primeiro a avaliar “Infinito Majestoso”