Promoção!

Pantaraxia

O livro é o relato da sua vida e do mundo que viveu, num ambiente de elitismo, excentricidade e ironia.

Amostra2

25,00 20,00

Em stock (pode ser encomendado sem stock)

REF: 0015 Categorias: , Etiquetas: , , ,

Ficha Técnica

Colecção

Tradução e Revisão

Adriana Barreiros, José António Barreiros

Coordenação Gráfica

Ricardo Campos

Edição

Maio 2015

Páginas

472

ISBN

Depósito Legal

388935/15

Formato

15,50 x 24,00 cm

Sobre o Autor

Nubar Gulbenkian

Nubar Gulbenkian

Nubar Sarkis Gulbenkian, filho de Calouste Gulbenkian. Nasceu a 2 de Junho de 1896, morreu em 10 de Janeiro de 1972.
O presente livro de memórias, publicado em 1965, só foi agora finalmente traduzido para português.
De origem arménia, a família escapou aos massacres sobre o seu povo, conseguindo, pela fortuna, exílio em Inglaterra e depois em França. Educado nas melhores escolas inglesas, foi colaborador próximo de seu pai e membro do corpo diplomático iraniano.
Viveu em Portugal entre o Hotel Aviz, em Lisboa, como seu pai, e o Hotel Palácio no Estoril, como sua mãe.
Uma orquídea fresca, diariamente na lapela, a barba hirsuta, a extravagância dos seus automóveis, compuseram a imagem.

O homem é, porém, sempre muito mais do que parece.

Através dele, assiste-se ao nascimento dos negócios do petróleo e respectivos jogos de poder, às relações controversas entre a Europa, os países americanos e o Médio Oriente, tudo visto a partir do milieu milionário e gourmet de que se não privou. Mas o leitor vive também o contraponto da sua colaboração com os serviços secretos ingleses do MI9, durante a 2ª Guerra Mundial, que permitiu a fuga e repatriamento aos que escapavam à invasão nazi.
Texto bem-humorado, por vezes sardónico, embora elegante quanto à pequena intriga familiar e social, de que a mais próxima de nós tem a ver com a sua crítica mordaz à Fundação que seu pai criou.

Avaliações

Não existem opiniões ainda.

Seja o primeiro a avaliar “Pantaraxia”